Ações da Petrobras perdem mais de 4% com incerteza eleitoral e cautela no exterior

lunes 22 de septiembre de 2014 09:31 GYT
 

SÃO PAULO, 22 Set (Reuters) - As ações da Petrobras recuavam mais de 4 por cento nos primeiros negócios desta segunda-feira, acompanhando movimento de queda generalizada na Bovespa e diante de um cenário incerto sobre a corrida presidencial, a cerca de duas semanas da eleição.

Os mais recentes levantamentos eleitorais têm mostrado um quadro incerto para o pleito de outubro. A incerteza tem gerado tensão entre investidores, que aguardam levantamentos Vox Populi e Ibope previstos para esta semana.

As ações da estatal, que têm reagido fortemente à dinâmica eleitoral, recuavam pelo terceiro pregão consecutivo. Às 10h29, o papel ordinário da estatal caía 4,74 por cento, a 18,91, enquanto a ação preferencial perdia 4,5 por cento, a 19,97 reais. No mesmo momento, o Ibovespa recuava 2,35 por cento.

No exterior, o ministro de Finanças da China esfriou expectativas do mercado de novos estímulos, o que provocava clima de cautela no exterior e contribuía para a queda da Bovespa como um todo. (Por Priscila Jordão; Edição de Marcela Ayres)