Ação da BM&FBovespa reverte queda e tem leve alta no dia seguinte ao balanço

viernes 8 de agosto de 2014 09:50 GYT
 

SÃO PAULO, 8 Ago (Reuters) - As ações da BM&FBovespa abriram em queda nesta sexta-feira, mas mudaram o rumo e passaram a subir, mesmo após o balanço do segundo trimestre mostrar queda de quase 30 por cento no lucro.

Na quinta-feira, após o fechamento do mercado, a operadora de bolsas anunciou que seu lucro entre abril e junho somou 250,1 milhões de reais, queda de 28,7 por cento ante igual etapa de 2013. Apesar da queda, o resultado vei em linha com a média das projeções de analistas consultados pela Reuters de lucro de 249 milhões de reais.

Às 10h49, as ações da BM&FBovespa subiam 0,41 por cento, a 12,21 reais, depois de terem caído 1,3 por cento na mínima até esse horário. O Ibovespa cedia 0,92 por cento.

Na quinta-feira, os papéis da operadora de bolsas responderam pela maior queda do índice, encerrando em baixa de 2,8 por cento.

Em nota a clientes, o BTG Pactual disse que o resultado fraco da operadora da bolsa brasileira já era esperado, e destacou que apesar disso a empresa conseguiu fazer um bom trabalho na parte de custos e conseguiu minimizar o impacto.

Na visão do BTG, o papel da BM&FBovespa vem reagindo bem com a dinâmica eleitoral, "mas parece já precificar um cenário que ainda está por se confirmar". Citando que o curto prazo parece bem desafiador, embora o longo prazo seja interessante, o banco disse que deve cortar suas estimativas para na companhia após o resultado, enquanto mantém a recomendação "neutra" para as ações. (Por Paula Arend Laier)