Ações da Oi sustentam queda com incertezas após saída de presidente

jueves 9 de octubre de 2014 09:30 GYT
 

SÃO PAULO, 9 Out (Reuters) - As ações da operadora Oi seguiam pressionadas nos primeiros negócios desta quinta-feira, ainda sob efeito da saída do presidente-executivo da operadora de telecomunicações Zeinal Bava, anunciada no final da terça-feira, que ampliou as especulações no mercado sobre o futuro da empresa.

Nesta quinta-feira, grupo de telecomunicações negou que seus acionistas controladores tenham procurado o presidente da rival de menor porte GVT para comandar a companhia.

Às 10h28, as preferenciais da Oi recuavam 5,26 por cento, enquanto o Ibovespa avançava 1,54 por cento. Os papéis ON da operadora, que não estão no índice, caíam 5 por cento.

Na véspera, as ações recuaram cerca de 8 por cento, cada. (Por Paula Arend Laier, edição Alberto Alerigi Jr.)