BOLSA EUA-Wall St ronda estabilidade com queda de matérias-primas e alta de saúde

lunes 4 de abril de 2016 10:40 GYT
 

* Ações de matérias-primas pressionam índices

* Edwards Lifesciences dispara com estudo de implante

Por Abhiram Nandakumar

4 Abr (Reuters) - Wall Street pouca variação nesta segunda-feira, com a queda de mais cedo dos preços de petróleo pressionando as ações de matérias-primas, o que compensava a alta dos papéis de saúde.

Às 11:38 (horário de Brasília), o indicador Dow Jones tinha variação negativa de 0,03 por cento, a 17.786 pontos, enquanto o S&P 500 recuava 0,08 por cento, a 2.071 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq operava em baixa de 0,13 por cento, a 4.908 pontos.

Oito dos 10 principais setores do S&P caíam, pressionados pela queda de 0,36 por cento do setor de matérias-primas .

As ações de saúde subiam 0,88 por cento, ajudando a limitar as perdas. O setor era impulsionado pela alta das ações da Edwards Lifesciences, que saltavam mais de 17 por cento após um estudo mostrar que um implante de válvula cardíaca menos invasivo é superior a uma cirurgia aberta, levando uma série de corretoras a elevarem o rating da ação.

Os preços do petróleo recuaram mais cedo devido à redução das esperanças de que os principais produtores de petróleo alcançariam um acordo para ajudar a lidar com o excesso de oferta global.

Os investidores também ficaram agitados depois das declarações chair do Federal Reserve, Janet Yellen, na semana passada pedindo cautela ao banco central ao elevar os juros, o que contrastou com os comentários feitos por outras autoridades que defenderam uma postura mais agressiva.

REUTERS EN CMO