PT ganha 8 pct, com confirmação fusão com OI

miércoles 16 de julio de 2014 05:25 GYT
 

LISBOA, 16 Jul (Reuters) - A Portugal Telecom (PT) valoriza 8 pct, a recuperar algum terreno perdido após os recentes mínimos históricos sucessivos, dado o alívio com a confirmação da fusão com a brasileira OI e tendo o mercado já incoporado as perdas potenciais do investimento em dívida da RioForte.

Esta manhã, a PT anunciou que a RioForte, uma holding da família Espírito Santo, não reembolsou 847 milhões de euros (ME) de papel comercial comprado pela PT que venceu ontem, obrigando à revisão do acordo de fusão com a OI com a redução da posição da portuguesa na CorpCo para 25,6 pct.

"A PT tem caído muito, o mercado estava bem consciente dos riscos deste investimento (na RioForte) e o novo MoU retira alguma incerteza e, mais importante, reconfirma o interesse na fusão", disse Albino Oliveira, analista da Fincor, em Lisboa.

Foram negociadas 8,4 milhões de acções da PT, a ganharem 6,3 pct para 1,94 euros, tendo tocado o máximo 'intraday' de 1,983 euros. (Por Filipa Cunha Lima e Andrei Khalip; Editado por Patricia Vicente Rua)