ACÇÕES PORTUGAL-Acções PT afundam 7 pct com incerteza saída Zeinal Bava, queda Oi

jueves 9 de octubre de 2014 05:45 GYT
 

LISBOA, 9 Out (Reuters) - Os títulos da Portugal Telecom afundaram 7 pct, seguindo as fortes descidas da Oi , penalizada pela incerteza sobre o futuro da fusão com a brasileira e o destino dos activos em Portugal após a saída do Chief Executive Officer (CEO) da Oi, Zeinal Bava.

As acções da Oi fecharam a sessão anterior a afundar 8 pct.

Albino Oliveira, analista da Fincor, sublinhou que "nesta altura, são mais as dúvidas que as certezas. O mercado reflecte a incerteza sobre o que vai acontecer a seguir".

"Além disso, a cotação da PT está correlacionada com a Oi, que sofreu uma queda forte", acrescentou.

A PT segue a negociar nos 1,52 euros.

Zeinal Bava, o CEO do grupo OI, visto como o grande mentor da fusão entre PT e OI, demitiu-se esta semana do cargo.

Segundo os analistas, este desenvolvimento poderá facilitar a venda dos activos portugueses da empresa.

"O mercado não gosta de incerteza, estava orientado no sentido da fusão, e agora tem dúvidas. Estamos perante um futuro incerto para a PT", vincou Albino Oliveira.

"A saída do CEO traz incerteza, mais um factor adicional já depois de terem surgido notícias da OI poder avançar para a alienação dos activos em Portugal", concluiu. (Por Daniel Alvarenga; Editado por Sérgio Gonçalves)