NOVA 2-Accionistas PT SGPS são soberanos, venda PT Portugal à Altice ainda longe

viernes 5 de diciembre de 2014 13:01 GYT
 

(Acrescenta com Oi aprovar venda PT Portugal, sem votos PT SGPS)

Por Sergio Goncalves

LISBOA, 5 Dez (Reuters) - O 'board' da brasileira Oi aprovou a venda dos activos portugueses de telecoms da PT Portugal à francesa Altice, mas esta venda ainda está longe de se concretizar pois terá de ter o 'OK' dos accionistas da PT SGPS, que podem preferir a OPA de Isabel dos Santos.

Uma fonte oficial da PT SGPS disse que a Administração desta empresa vai submeter a alienação à aprovação dos seus accionistas em Assembleia Geral (AG) pois não pode tomar decisões estratégicas dado ser alvo de uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pela empresária angolana.

"Os accionistas da PT SGPS é que são soberanos já que a empresa (PT SGPS) está em gestão corrente", disse esta fonte oficial da PT SGPS.

O Conselho de Administração (CA) da Oi estava em negociações exclusivas com a Altice, que ofereceu 7.400 milhões de euros (ME) por aqueles activos do incumbente em Portugal, superando uma oferta dos fundos Apax e Bain com a Semapa.

A PT Portugal é detida totalmente pela Oi, mas a PT SGPS é o maior accionista da telecom brasileira com 25,6 pct do capital, enquanto a empresária angolana Isabel dos Santos lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a PT SGPS, visando travar aquela venda.

"Os administradores da PT SGPS na OI, estão em função com neutralidade, resultado da OPA lançada à PT SGPS, e não só não votaram como ainda se ausentaram da sala no momento da deliberação", disse a fonte oficial da PT SGPS acerca da aprovação pelo 'board' da Oi.

Adiantou que "não era possivel em função dos acordos accionistas evitar a reunião de quinta-feira", onde estava a ser deliberada a venda, "uma vez que. por causa da OPA, e do dever de neutralidade, a PT SGPS não poderia opor-se à continuação do processo".   Continuación...