for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Preocupada com coronavírus, Delta acelera suspensão de voos entre EUA e China

WASHINGTON (Reuters) - A Delta Air Lines afirmou neste sábado que acelerará a suspensão de voos entre a China e os Estados Unidos depois da Casa Branca impor novas restrições a viagens devido à rápida propagação do surto de coronavírus no país asiático.

A Delta planejava encerrar todos os voos envolvendo a China até 6 de fevereiro. A companhia aérea afirmou, neste sábado, que os últimos voos para a China agora sairão neste sábado, 1º de fevereiro, e os últimos voos retornando da China sairão daquele país no domingo.

A China está enfrentando crescente isolamento depois que o número total de mortes do coronavírus subiu para 259.

A epidemia gerou retiradas de cidadão estrangeiros, particularmente da província de Hubei e sua capital Wuhan - epicentro o surto - e representa o risco de piorar a desaceleração no crescimento da segunda maior economia do mundo.

As três grandes companhias aéreas norte-americanas - incluindo a United Airlines Holdings e a American Airlines - anunciaram o cancelamento de voos para a China continental.

A administração Trump declarou na sexta-feira uma emergência de saúde pública devido ao surto de coronavírus e disse que tomará medidas extraordinárias para impedir a entrada nos EUA de estrangeiros que viajaram à China.

Por David Shepardson

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up