for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

BC estima déficit em conta corrente a US$10,2 bi em 2020, vê rombo de US$16,7 bi em 2021

Sede do Banco Central em Brasília REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central melhorou nesta quinta-feira sua estimativa para o déficit em transações correntes a 10,2 bilhões de dólares em 2020, contra rombo de 13,9 bilhões de dólares projetado em junho, ao mesmo tempo em que piorou a perspectiva para os Investimentos Diretos no País (IDP) a 50 bilhões de dólares, sobre 55 bilhões de dólares antes.

Em seu Relatório Trimestral de Inflação, o BC justificou que “o principal fator para a revisão é a melhora nos valores esperados para as exportações, que apresentaram nos últimos meses resultado acima do anteriormente projetado”.

Para 2021, a perspectiva é de um rombo em transações correntes de 16,7 bilhões de dólares, com o IDP melhorando a 65,2 bilhões de dólares.

Para este ano, o BC reviu a estimativa para o superávit da balança comercial a 45,3 bilhões de dólares, frente a 39,0 bilhões de dólares antes, dado que embute uma queda de 11,1% nas exportações e de 16,2% nas importações em relação a 2019.

A corrente de comércio deve, com isso, apresentar um recuo de 13,4%, destacou a autoridade monetária.

Por Marcela Ayres

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up