for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Ibovespa recua com exterior negativo; Petrobras PN cai 3,7%

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava cerca de 1% nesta terça-feira, na volta de fim de semana prolongado por feriado na véspera, pressionado pelo viés negativo dos mercados acionários no exterior e da forte queda dos preços do petróleo.

03/04/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

Às 11:12, o Ibovespa caía 1,08 %, a 100.147,7 pontos.

Na véspera, a B3 esteve fechada em razão do feriado do Dia da Independência no Brasil.

Em Wall Street, onde as bolsas também não abriram na segunda-feira devido ao feriado do Dia do Trabalho, o setor de tecnologia voltava a derrubar o Nasdaq Composite e o S&P 500, com tensões EUA-China também no radar.

“Estamos juntando um quadro técnico menos favorável, preços e ‘valuations’ esticados, um mercado que subiu de maneira rápida e acentuada...e um cenário ainda desafiador para a recuperação”, avaliou o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos.

Ele argumentou, contudo, que as esperanças para uma vacina estão presentes e a recuperação ainda é visível, mesmo que com menos vigor do que nos últimos meses.

Na B3, o Ibovespa estreava nesta sessão nova carteira, que irá vigorar até o final de 2020 e passou a incluir os papéis da Eztec e PetroRio, totalizando 77 ativos de 74 companhias.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON recuavam 3,71% e 4,37%, respectivamente, na esteira do forte declínio dos preços do petróleo no exterior, em meio a preocupações com demanda e corte de preços pela Arábia Saudita. PETRORIO ON caía 5,88% na estreia no Ibovespa.

- VALE ON mostrava declínio de 2,53%, com o setor de mineração e siderurgia como um todo em queda, além de notícia de que não obteve acordo para vender sua participação de 95% na Nova Caledônia para a New Century Resources (NCZ). No setor, CSN ON cedia 3,27%, tendo no radar queda dos futuros do aço e do minério de ferro na China.

- VIA VAREJO ON caía 1,85%, com o setor de varejo eletrônico, que mais sobe na bolsa em 2020, experimentando mais uma sessão de correção negativa. B2W ON perdia 0,4% e MAGAZINE LUIZA ON recuava 0,36%.

- ITAÚ UNIBANCO PN desvalorizava-se 1,32%, sofrendo com a maior aversão a risco, que afetava ações de bancos do Ibovespa de forma geral nesta terça-feira. BRADESCO PN caía 1,05%.

- HAPVIDA ON avançava 4,17%, tendo de pano de fundo anúncio de que firmou um conjunto de instrumentos de arrendamento e de aquisição de participações de múltiplas entidades de saúde nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste, dentro da estratégia de expansão, entre elas o Grupo Promed.

- TIM ON e TELEFÔNICA BRASIL PN subiam 1,76% e 0,98%, respectivamente, após, em conjunto com a Claro, da América Móvil, conseguirem o direito de igualar outra oferta maior pelos ativos móveis da Oi. OI ON, que não está no Ibovespa, avançava 4,35%.[nL1N2G50D5]

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up