for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Justiça manda Olavo de Carvalho pagar R$2,9 milhões a Caetano Veloso

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O guru do bolsonarismo Olavo de Carvalho terá de pagar 2,93 milhões de reais ao músico Caetano Veloso por descumprir ordem judicial que o obrigava a retirar acusações de pedofilia publicadas em suas redes sociais em 2017 e pelas quais foi condenado, informou o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, neste sábado.

A ordem de intimação, determinada pela juíza Renata Gomes Casanova de Oliveira e Castro, da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro, obriga Carvalho a pagar o valor em 15 dias. A cifra corresponde à multa pelo descumprimento da ordem de retirada das publicações. Se o valor não for pago, será acrescido de multa de 10%.

A ordem para Carvalho apagar as publicações contra Veloso foi deferida em novembro de 2017 e deveria ter sido cumprida em 48 horas, sob pena de multa diária de 10 mil reais. Carvalho foi pessoalmente intimado em sua casa nos Estados Unidos em fevereiro do ano passado, segundo o tribunal.

Em setembro de 2019, a ação movida pelo músico foi julgada procedente e Carvalho foi condenado a retirar as publicações e a pagar, na época da sentença, 40 mil reais por danos morais. A ação já transitou em julgado.

O valor atualizado da condenação por danos morais, de cerca de 66 mil reais foi depositado judicialmente em agosto. Mas Carvalho ainda tenta impugnar o valor da multa e interpôs um agravo de instrumento que será julgado pela 12ª Câmara Cível do Tribunal.

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up