for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Marco Aurélio dá 3º voto no STF contra venda de refinarias da Petrobras

Pessoas caminham em frente à sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. REUTERS/Sergio Moraes

BRASÍLIA/SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras teve o terceiro voto contrário à continuidade de processos para a venda de suas refinarias durante julgamento virtual no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), com o voto do ministro Marco Aurélio Mello dado na tarde desta segunda-feira.

Marco Aurélio acompanhou o relator do processo, Edson Fachin, e o colega Ricardo Lewandowski, ambos favoráveis à paralisação das privatizações.

O teor do voto de Marco Aurélio não foi divulgado até o momento, constando apenas que ele acompanhou o relator.

O STF decidirá até o dia 25 sobre a negociação das refinarias, após pedidos das Mesas da Câmara dos Deputados, do Senado e do Congresso para suspender as transações.

Por Ricardo Brito e Luciano Costa

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up