for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Pence lidera reação republicana a ataques contra Trump feitos em convenção democrata

WASHINGTON (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, lançou nesta sexta-feira um contra-ataque republicano às críticas duras que o presidente Donald Trump recebeu na convenção da indicação presidencial democrata nesta semana, argumentando que uma Presidência de Joe Biden destruiria a economia norte-americana e permitiria tumultos civis nas ruas.

Vice-presidente dos EUA, Mike Pence, na Casa Branca 20/08/2020 REUTERS/Carlos Barria

“Os democratas estão oferecendo uma visão para este país que arrasaria nossa economia e promoveria o tipo de política que resultará em mais violência em nossas ruas”, disse Pence à Fox News em uma de várias entrevistas que deu a programas matutinos após o evento democrata de quatro noites.

Biden aceitou a indicação do Partido Democrata para a Casa Branca na quinta-feira, prometendo curar uma nação abalada por uma pandemia mortal e dividido pelos quatro anos da Presidência de Donald Trump.

Atrás de Biden em muitas pesquisas nacionais, Trump está sendo pressionado a convencer os norte-americanos a reelegê-lo em meio a um desemprego de dois dígitos e uma retração econômica que os democratas atribuem à sua incapacidade de enfrentar a pandemia de coronavírus, que já matou mais de 170 mil norte-americanos.

Pence delineou o que seria o principal impulso dos republicanos em sua própria convenção nacional na semana que vem, apropriando-se de uma fala do discurso de Biden segundo a qual caráter, decência, ciência e democracia “estão todas na cédula”.

“A economia está na cédula. Lei e ordem estão na cédula, e o povo americano sabe disso”, contrapôs Pence.

Ele minimizou a gama de republicanos destacados, como o ex-secretário de Estado Colin Powell e o ex-governador de Ohio John Kasich, que romperam as fileiras partidárias para declarar apoio a Biden, de 77 anos, ao invés de Trump, de 74 anos, na eleição de 3 de novembro.

Estes republicanos se voltaram contra Trump porque ele chegou em Washington prometendo abalar o establishment, disse Pence.

A longa carreira de Biden na política, como senador e como vice do presidente democrata Barack Obama em dois mandatos, será usada contra ele, Pence deixou claro.

“Joe Biden está em Washington há 47 anos e o discurso que ele fez na noite passada foi só mais da mesma conversa que ouvimos dele e de outros políticos liberais democratas há décadas”, disse o vice-presidente.

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up