for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Furacão Laura se dirige à Costa do Golfo dos EUA com previsão de danos catastróficos

Furacão Laura se aproxima das costas do Texas e da Louisiana em imagem de satélite da agência nacional oceânica e atmosférica 26/06/2020 CIRA/NOAA/Divulgação via REUTERS

PORT ARTHUR, Texas (Reuters) - O furacão Laura se encaminhava para a Costa do Golfo dos Estados Unidos na tarde desta quarta-feira como uma enorme tempestade de categoria 4 e deve causar danos catastróficos e uma tempestade devastadora ao longo da fronteira do Texas e da Louisiana, de acordo com o Centro Nacional de Furacões.

Laura, que estava a 320 km a sul-sudeste de Port Arthur na tarde de quarta-feira, tinha ventos máximos sustentados de 220 km por hora e estavam previstos ventos de até 233 km/h antes de atingir o solo na noite de quarta-feira, disse o centro baseado em Miami.

Cerca de 620.000 pessoas estavam sob ordens de retirada obrigatória na Louisiana e no Texas.

A tempestade catastrófica pode penetrar até 48 km para o interior a partir da costa entre Sea Rim State Park, no Texas, e Intracoastal City, na Louisiana, e pode aumentar os níveis de água para até 6 metros em partes de Cameron Parish, na Louisiana, segundo o Centro Nacional de Furacões.

“Pensar que haverá uma parede de água com tamanho de mais de dois andares chegando à costa é muito difícil para a maioria, mas é o que vai acontecer”, disse o meteorologista do Serviço Meteorológico Nacional Benjamin Schott em entrevista coletiva. A maior parte de Cameron Parish ficaria submersa em algum ponto, acrescentou Schott.

O governador do Texas, Greg Abbott, disse que a Guarda Nacional de seu Estado estava preparada com veículos para água e helicópteros de resgate, enquanto o governador da Louisiana, John Bel Edwards, declarou que toda a Guarda Nacional do Estado foi ativada pela primeira vez desde 2012.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up