for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Vitória em Iowa coloca Buttigieg e Sanders no foco das críticas no debate democrata

MANCHESTER, Estados Unidos (Reuters) - Os candidatos à nomeação democrata à eleição presidencial dos Estados Unidos Bernie Sanders e Pete Buttigieg receberam críticas na sexta-feira de adversários que dizem que eles não têm o que é necessário para vencer o republicano Donald Trump em novembro.

Em um quente debate em New Hampshire, apenas quatro dias antes das primárias do Estado, seus adversários democratas questionaram se as visões socialistas-democratas de Sanders e a relativa falta de experiência de Buttigieg, e a falta de apoio nas comunidades negras e latinas a ele, tornam os dois um risco muito grande para a eleição de 3 de novembro.

Sanders, 78, senador e líder da ala progressista do partido, e Buttigieg, o ex-prefeito de South Bend, Indiana, de 38 anos, terminaram virtualmente empatados em Iowa, primeira primária do país, no começo desta semana.

O ex-vice-presidente Joe Biden, que já foi o líder das pesquisas nacionais e terminou em um decepcionante quarto lugar em Iowa, teve sua atuação mais agressiva até agora, sinal de um possível desespero no momento em que ele busca se recuperar.

Biden afirmou que Trump não teria dificuldades em atacar Sanders em uma campanha eleitoral para presidente, e que Sanders arrastaria para baixo outros candidatos democratas em corridas estaduais e federais.

“Bernie se rotulou --não fui eu-- como um socialista democrata. Eu acho que esse será o rótulo que o presidente colocará em todo mundo que estiver se candidatando com Bernie se ele for nomeado”, disse Biden.

A senadora Amy Klobuchar, que terminou em um distante quinto lugar em Iowa, afirmou que Sanders não atrairia o tipo de eleitor moderado que os democratas precisam para vencer.

“O pior pesadelo de Donald Trump é um candidato que reunirá pessoas do centro”, disse Klobuchar, no oitavo debate democrata. “Eu acho que precisamos de uma pessoa na cabeça da chapa que realmente reúne as pessoas em torno dela, em vez de afastá-las.”

Sanders, que convocou uma revolução política que atrairá novos eleitores, disse que “a maneira de vencer Trump é com o maior comparecimento de eleitores na história deste país”. Ele disse que apelaria aos eleitores da classe trabalhadora que abandonaram o processo político.

Biden e Klobuchar também questionaram se Buttigieg tinha experiência suficiente para enfrentar Trump.

Buttigieg, que serviu dois mandatos como prefeito de South Bend, cidade com população de 100.000 pessoas, disse que a experiência de Washington de alguns de seus adversários não era mais o que era necessário, e que era hora de “virar a página” da velha política de Washington.

“É fácil atacar Washington porque é algo popular”, disse Klobuchar, dizendo a Buttigieg que é “popular dizer isso e faz com que você pareça um recém-chegado gente boa”.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up