for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Hospitais franceses sentirão impacto da aceleração de infecções em duas semanas, diz ministro

PARIS (Reuters) - Os hospitais franceses não poderão evitar o impacto da aceleração da epidemia de coronavírus, afirmou o ministro da Saúde do país neste sábado.

A disseminação do vírus na França acelerou rapidamente nas últimas semanas, com o total de infecções confirmadas superando um milhão, na sexta-feira.

“Os casos graves chegando aos nossos hospitais são resultados de infecções que aconteceram 15 dias atrás”, afirmou o ministro da Saúde, Olivier Veran, após visitar um hospital de Marselha.

“Levando em conta a disseminação da epidemia neste momento, sabemos que, não importa o que façamos, em 15 dias veremos as consequências dessas infecções”, disse.

Duas semanas atrás, a França estava registrando aproximadamente 20 mil novas infecções, com cerca de 20 pessoas entrando em unidades de tratamento intensivo por dia. Na sexta-feira, 122 pessoas foram internadas na UTI.

As taxas de infecções cresceram desde o verão, com a média móvel semanal de casos confirmados acima de 10 mil ao fim de setembro, em comparação a 5 mil ao fim de agosto. Em meados de outubro, a média semanal de casos era de 20 mil e agora está em quase 30 mil.

Reportagem de Geert De Clercq

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up