for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

J&J inicia teste de candidata a vacina contra Covid-19 de duas doses

Logo da Johnson and Johnson em Nova York 17/09/2019 REUTERS/Brendan McDermid

LONDRES (Reuters) - A Johnson & Johnson iniciou nesta segunda-feira um estudo de estágio avançado de larga escala para testar um tratamento de duas doses de sua vacina contra Covid-19 experimental e avaliar possíveis benefícios adicionais durante o período de proteção com uma segunda dose.

A farmacêutica norte-americana planeja recrutar até 30 mil participantes para o estudo e realizá-lo paralelamente a um teste de dose única com até 60 mil voluntários que começou em setembro.

A filial britânica do estudo almeja recrutar até 6 mil participantes, e o resto virá de outros países com alta incidência de casos de Covid-19, como Estados Unidos, Bélgica, Colômbia, França, Alemanha, Filipinas, África do Sul e Espanha, disse a empresa.

Eles receberão uma primeira dose ou de um placebo ou da vacina experimental, atualmente chamada Ad26COV2, seguida por uma segunda dose ou placebo 57 dias depois, explicou Saul Faust, professor de imunologia pediátrica e doenças infecciosas que está coliderando o teste no Hospital Universitário de Southampton.

O teste vem na esteira de resultados provisórios positivos do estudo clínico de estágio inicial para intermediário em andamento da empresa, que mostrou que uma dose única de sua candidata a vacina induziu um reação imunológica robusta e foi bem tolerada em geral.

“O estudo avaliará a eficiência da vacina em investigação depois da primeira e da segunda dose para avaliar a proteção contra o vírus e os possíveis benefícios adicionais durante o período de proteção com uma segunda dose”, disse a J&J em um comunicado.

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up