for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Trump exibe sintomas leves de Covid-19, exame positivo abala Casa Branca e corrida eleitoral

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está exibindo sintomas leves desde que foi diagnosticado com coronavírus, mas continuará trabalhando, disseram autoridades de governo nesta sexta-feira, e a Casa Branca e a campanha presidencial se apressaram para se ajustar ao acontecimento bombástico.

Presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca 01/10/2020 REUTERS/Joshua Roberts

Trump, que minimizou a ameaça da pandemia de coronavírus desde seu início, disse que ele e sua esposa, Melania, entrariam em quarentena depois de receberem exames positivos do vírus, que já matou mais de 200 mil pessoas nos Estados Unidos e provocou grandes danos na economia dos EUA.

Trump não está incapacitado e trabalha isolado para evitar infectar outros, disseram autoridades. O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disseram que o presidente de 74 anos está exibindo sintomas leves, sem dar maiores detalhes de seu estado.

“Temos um presidente que não somente está no trabalho, mas que continuará no trabalho, e tenho esperança de que ele terá uma recuperação muito rápida e veloz”, disse Meadows aos repórteres.

Usuário ativo do Twitter, Trump não publicou nenhuma mensagem desde que anunciou seu exame positivo no início da manhã desta sexta-feira.

As ações em Wall Street caíram quase 1% com a notícia de uma das maiores ameaças à saúde de um presidente norte-americanos em décadas.

A doença transtornou sua campanha pela reeleição a meros 31 dias da eleição de 3 de novembro. Pesquisas mostram Trump atrás de seu oponente democrata, o ex-vice-presidente Joe Biden.

Conselheiros de Trump admitiram que ele terá que descartar seus planos para as últimas semanas de campanha. Ele realizou comícios presenciais com apoiadores que em sua maioria não quiseram usar máscaras e zombou de Biden por evitar tais eventos.

“Trump é um presidente de muita energia como uma personalidade enorme. Sem sua persona, a campanha fica sem energia”, disse o arrecadador republicano Dan Eberhart.

Biden e sua esposa, Jill Biden, tiveram exames negativos nesta sexta-feira, informou sua campanha.

O exame positivo de Trump também significa que membros do alto escalão do governo dos EUA foram expostos e podem ter que entrar em quarentena também. Mnuchin, o secretário de Justiça, William Barr, o genro de Trump, Jared Kushner, e o secretário de Comércio, Wilbur Ross, estão entre os que tiveram exames negativos.

Reportagem adicional de Jarrett Renshaw, Andy Sullivan, Trevor Hunicutt, Doina Chiacu e Lisa Lambert

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up