for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
Brazil

Trump não está totalmente fora de perigo, mas pode receber alta, diz médico

Dr. Sean Conley, com outros médicos da equipe de Trump, fala a jornalistas 05/10/2020 REUTERS/Jonathan Ernst

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atingiu ou superou todos os critérios hospitalares para receber alta, e embora não esteja totalmente fora de perigo, tem condições de retornar para casa, disse nesta segunda-feira o médico Sean Conley.

“Nas últimas 24 horas, ele atingiu ou superou todos os critérios hospitalares padrão para alta”, disse Conley em uma entrevista coletiva, afirmando que o último registro de febre em Trump ocorreu há mais de 72 horas e que os níveis de oxigênio do presidente estão normais.

“Embora ele ainda possa não estar totalmente fora de perigo, eu e a equipe concordamos que todas as nossas avaliações, e mais importante, seu status clínico, garantem o retorno seguro do presidente para casa, onde ele estará cercado por médicos de padrão mundial 24 horas por dia”, disse Conley.

Reportagem de Steve Holland, Alexandra Alper, Timothy Ahman, Doina Chiacu e Arshad Mohammed

Nuestros Estándares: Los principios Thomson Reuters.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up