February 11, 2019 / 11:22 AM / 2 months ago

Chefe do Pentágono apoia papel do Afeganistão em conversas de paz durante visita

CABUL (Reuters) - O secretário de Defesa interino dos Estados Unidos, Patrick Shanahan, chegou ao Afeganistão nesta segunda-feira e disse ser importante o governo local se envolver nas conversas que visam o fim da guerra de 17 anos, das quais esteve excluído até agora.

Secretário de Defesa interino dos EUA, Patrick Shanahan, chega a Cabul 11/02/2019 REUTERS/Idrees Ali

Shanahan, que se encontrará com soldados dos EUA e com o presidente afegão, Ashraf Ghani, em sua primeira viagem no novo cargo, disse que por ora não recebeu nenhuma orientação para reduzir as quase 14 mil tropas de sua nação no Afeganistão.

Ele ainda disse que os EUA têm interesses de segurança importantes na região.

O governo Ghani não tem participado das conversas de paz em progresso entre negociadores do Taliban e enviados norte-americanos, e o movimento islâmico radical rotula seu governo como um fantoche de Washington. Cabul também receia que uma retirada acentuada de forças dos EUA desencadeie o caos na região.

“É importante que o governo afegão esteja envolvido nos debates a respeito do Afeganistão”, disse Shanahan a um grupo pequeno de repórteres que o acompanhava na viagem sem anúncio prévio.

“Os afegãos têm que decidir como o Afeganistão será no futuro. Não se trata dos EUA, trata-se do Afeganistão.”

Shanahan substituiu Jim Mattis, que renunciou em dezembro por divergir das diretrizes do presidente dos EUA, Donald Trump.

Ele disse não poder dar nenhuma garantia porque o enviado de paz dos EUA, Zalmay Khalilzad, está conduzindo as conversas.

“Os militares dos EUA têm fortes interesses de segurança na região. (A presença) evoluirá a partir destes debates”, afirmou.

Shanahan também disse que seu objetivo na viagem é ser inteirado pelos comandantes da situação no local e depois informar Trump sobre suas conclusões.

Autoridades norte-americanas realizaram várias rodadas de conversas com o Taliban no Catar desde o ano passado, o que se considera a iniciativa de paz mais séria para o Afeganistão desde que o Taliban foi expulso por forças afegãs apoiadas pelos EUA no final de 2001.

Os dois lados louvaram o avanço na última rodada, no mês passado, mas obstáculos significativos permanecem, entre eles o envolvimento do governo afegão.

A próxima rodada de conversas deve ocorrer no Catar em 25 de fevereiro. Michael Kugelman, especialista do Centro Woodrow Wilson para o sul da Ásia, disse que a maior prioridade de Shanahan na visita deveria ser ouvir as preocupações de Cabul.

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below