July 16, 2020 / 10:37 AM / a month ago

China diz que secretário de Estado dos EUA é bem-vindo para visitar Xinjiang

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China Hua Chunying em Pequim 06/01/2016 REUTERS/Jason Lee

PEQUIM (Reuters) - A China reiterou nesta quinta-feira que não pretende desafiar ou substituir os Estados Unidos e pediu que Washington veja Pequim de forma objetiva e retorne à razão em suas políticas em relação ao país.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China Hua Chunying disse a jornalistas durante um briefing que, se os Estados Unidos pensam que tudo o que a China faz é uma ameaça, tal atitude se tornará auto-realizável.

Hua também convidou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, para ir à China e visitar Xinjiang para ver por si mesmo que não existem violações de direitos humanos contra a minoria muçulmana uigur da região.

Reportagem de Cate Cadell

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below