January 18, 2019 / 11:45 AM / 3 months ago

Sobe para 21 número de mortos por ataque contra academia de polícia na Colômbia

Policial e duas mulheres choram perto do local de explosão de carro-bomba, de acordo com autoridades, em Bogotá 17/01/2019 REUTERS/Luisa Gonzalez

BOGOTÁ (Reuters) - Subiu para 21 o número de mortos por um ataque com carro-bomba que explodiu em uma academia de polícia em Bogotá, em um ato que despertou temores de um retorno ao passado violento vivido pela Colômbia

A Direção-Geral da Polícia informou que um veículo carregado com 80 kg do explosivo invadiu o centro de formação de oficiais e, após colidir com um muro, explodiu.

O ataque, o pior do tipo na história recente da Colômbia, também deixou 68 feridos. Uma das vítimas foi o motorista do veículo que invadiu a Academia-Geral de Santander, centro de formação de oficiais da Polícia Nacional.

“Não descansaremos até capturar e levar à Justiça o resto dos terroristas envolvidos, e informo a esses criminosos que o repúdio social, a rejeição de todos os colombianos e da comunidade internacional e o castigo exemplar da Justiça os esperam”, disse o presidente da Colômbia, Iván Duque, em discurso na noite de quinta-feira.

O governo e autoridades militares e da polícia colombiana têm evitado responsabilizar algum grupo armado específico pelo ataque, que relembrou momentos de tristeza e terror vividos no país de 45,5 milhões de habitantes.

Reportagem de Luis Jaime Acosta

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below