October 19, 2019 / 4:22 PM / 24 days ago

Espanha rejeita pedido de conversas com a Catalunha e polícia prepara-se para mais protestos

BARCELONA (Reuters) - O governo espanhol rechaçou, neste sábado, pedidos do chefe regional pró-independência da Catalunha por conversas sobre a onda de violência gerada pela prisão de líderes separatistas, enquanto a polícia se prepara para mais protestos.

Barcelona teve sua pior noite de distúrbios em décadas, na sexta-feira, com jovens mascarados bloqueando ruas com latas de lixo em chamas e pedras arremessadas contra forças de segurança, que responderam com granadas de fumaça e gás lacrimogêneo.

O presidente da Catalunha, Quim Torra, afirmou que a violência não reflete a natureza pacífica do tradicional movimento pela independência da Catalunha e pediu discussões com Madri.

O primeiro-ministro Pedro Sánchez disse que Torra precisa, primeiro, condenar inequivocamente as perturbações.

Reportagem adicional de Jessica Jones, em Madri

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below