January 19, 2019 / 6:45 PM / a month ago

Trump oferecerá acordo sobre imigração para encerrar paralisação, mas ainda quer dinheiro para muro, diz fonte

WASHINGTON, (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai propor um acordo neste sábado com o objetivo de encerrar uma paralisação parcial do governo que já dura 29 dias, oferecendo um meio-termo aos democratas quanto à imigração mas mantendo-se firme em sua exigência de financiamento para um muro na fronteira sul, disse uma fonte familiarizada com o plano.

Em um discurso a ser proferido na Casa Branca, Trump continuará exigindo 5,7 bilhões de dólares para financiar o muro, mas também oferecerá apoio para uma legislação que protege jovens imigrantes ilegais conhecidos como “dreamers”, assim como portadores de status de proteção temporária (TPS, na sigla em inglês), disse a fonte, confirmando uma reportagem do Axios.

A fonte disse que Trump não planeja declarar emergência nacional na fronteira entre os EUA e o México, uma medida que ele ameaçou adotar no início de sua luta com o Congresso sobre a paralisação deflagrada por seu ultimato para financiar o muro.

A declaração de uma emergência permitiria que Trump evitasse o Congresso para financiar o muro, embora tal passo provavelmente levasse a um recurso judicial sobre os poderes constitucionais movido pelos parlamentares democratas.

Trump está sob pressão para encerrar a paralisação, com cada vez mais norte-americanos culpando-o por se recusar a assinar os projetos de orçamento que pagariam os salários de 800.000 funcionários do governo federal que estão ociosos ou trabalhando sem receber há quase um mês, na maior paralisação do governo na história dos EUA.

Trump disse a repórteres no gramado sul da Casa Branca neste sábado que não tem uma briga pessoal com a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, a principal membro do partido Democrata. Ela e outros democratas se opõem ao muro, dizendo que é caro demais, ineficaz e imoral.

“Seja pessoal ou não, não é pessoal para mim”, disse Trump. “Ela está absolutamente sob controle da esquerda radical. Acho que é uma coisa muito ruim para ela. Eu acho que é uma coisa muito ruim para os democratas.”

Trump também disse que está preocupado com uma nova onda de imigrantes que está se movimentando pelo México em direção à fronteira norte-americana.

“Estou decepcionado porque o México não está impedindo-os. Quer dizer, o México parece impotente para impedi-los, infelizmente”, disse ele. “Se tivéssemos um muro, não teríamos o problema.”

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below