August 8, 2019 / 9:49 PM / 11 days ago

Justiça determina arquivamento de acusação de estupro contra Neymar

SÃO PAULO (Reuters) - A juíza Ana Paula de Moraes, da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Tribunal de Justiça de São Paulo, acolheu manifestação do Ministério Público e determinou o arquivamento da acusação de estupro contra o atacante Neymar, informou o tribunal nesta sexta-feira.

02/07/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino

O Ministério Público de São Paulo informou na quinta-feira que decidiu pedir o arquivamento do inquérito contra o jogador do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, acompanhando a decisão da delegada de polícia que investigou o caso.

“Após a análise do caso, o Ministério Público chegou à conclusão pelo arquivamento do inquérito policial em que o acusado Neymar Jr. estava sendo averiguado pela prática de estupro, conforme notícia-crime feita pela vítima protegida”, disse a promotora Flávia Merlini em entrevista coletiva na sede do Ministério Público, região central de São Paulo.

De acordo com ela, a investigação policial, iniciada após uma modelo afirmar que Neymar a estuprou em um hotel de Paris, não apontou provas suficientes de que ocorreu o crime. A promotora lembrou, no entanto, que o inquérito pode ser reaberto a qualquer momento, desde que surjam novas provas.

A promotora Estefânia Paulin, que também acompanhou o caso, disse que as investigações mostraram que Neymar e a modelo mantiveram uma “relação de afeto”, ainda que rápida e de forma virtual.

“Houve um relacionamento amoroso. O que não se comprovou é que houve violência no ato sexual”, disse.

De acordo com o relato da modelo, ela entrou em contato com Neymar por meio de uma rede social e começou a trocar mensagens com o jogador. Posteriormente, o atacante pagou passagem aérea e hospedagem para que ela fosse a Paris e, num hotel da capital francesa, teria ocorrido o estupro.

Neymar sempre negou o estupro e, como parte de sua resposta pública à acusação, divulgou conversas particulares e fotos íntimas da mulher. Essa divulgação levou a um inquérito policial separado sobre suposto crime de divulgação de imagens íntimas na internet.

A acusação de estupro ocorreu enquanto Neymar se preparava para disputar a Copa América pela seleção brasileira. Uma lesão sofrida pelo jogador o retirou do torneio vencido pelo Brasil.

No Instagram, o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, comentou o anúncio do MP e agradeceu aqueles que acreditaram na inocência do atacante.

“Acabei de assistir o pronunciamento do Ministério Público com a decisão final, promovendo o arquivamento do inquérito que investigava a injusta acusação de estupro e agressão contra o meu filho”, escreveu Neymar pai, que também gerencia a carreira do atleta.

“Filho, vida que segue e bola pra frente, sempre com a cabeça erguida, com o coração tranquilo e a paz e sossego dos inocentes.”

Reportagem de Leonardo Benassato; Reportagem adicional e texto de Eduardo Simões

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below