January 29, 2020 / 1:46 PM / a month ago

Investigadores revelam momentos finais do acidente de helicóptero que matou Kobe Bryant

(Reuters) - Momentos antes de o astro de basquete Kobe Bryant, sua filha de 13 anos e outras sete pessoas morrerem em um acidente de helicóptero, o piloto tentou sair da camada de nuvens, mas a aeronave se inclinou bruscamente e se lançou em direção ao chão.

Homenagens a Kobe Bryant em Los Angeles 28/01/2020 REUTERS/Kyle Grillot

O bimotor Sikorsky S-76B bateu numa encosta 60 segundos depois e explodiu em chamas, matando todas as nove pessoas a bordo, de acordo com detalhes do acidente de domingo revelados na terça-feira por autoridades federais de segurança da aviação dos Estados Unidos.

A morte de Kobe Bryant, de 41 anos, um dos atletas mais admirados do mundo, chocou os mundos dos esportes e entretenimento.

Investigadores do Conselho Nacional de Segurança em Transportes (NTSB) estimaram que o helicóptero de luxo de Bryant atingiu o solo a uma velocidade de mais de 2.000 pés por minuto.

“É uma descida bastante íngreme em alta velocidade”, disse Jennifer Homendy, integrante do conselho do NTSB, em entrevista em Calabasas, uma cidade adjacente ao local do acidente, cerca de 65 quilômetros a noroeste do centro de Los Angeles.

“O tempo da descida ao impacto foi provavelmente de cerca de um minuto.”

Dados de radar mostraram que o helicóptero subiu a cerca de 700 metros —“ele estava tentando sair da camada de nuvens no momento”— e começou uma curva à esquerda antes que o controle de tráfego aéreo perdesse o contato, disse Homendy.

Os investigadores não deram explicação para o que pode ter levado a aeronave a abruptamente se inclinar para um lado e depois cair. Mas Homendy afirmou que a velocidade estimada de descida “não seria uma velocidade normal de pouso”, e que os investigadores supõem que o helicóptero ainda estava inteiro antes de atingir o solo.

RECOMENDAÇÕES NÃO ATENDIDAS

Homendy disse que nuvens, neblina e visibilidade limitada relatadas na região no domingo são o foco principal da investigação, que levará pelo menos um ano para ser concluída.

O helicóptero não estava equipado com nenhum tipo de “sistema de alerta e de terreno”, um dispositivo que poderia alertar o piloto de que a aeronave estava perigosamente perto da encosta, disse Homendy. O helicóptero também não carregava uma caixa-preta com gravador de dados de voo, o que tornaria mais fácil apontar a causa do acidente, afirmou.

As recomendações do NTSB de que ambos os dispositivos sejam equipamentos necessários em helicópteros como o que caiu no domingo não foram implementadas pela Administração Federal de Aviação, disse ela.

Homendy falou com os repórteres enquanto as autoridades completavam a fase de investigação no local do acidente, limpando a encosta alta e gramada que ainda tinha destroços e restos humanos.

Entre os itens recuperados havia um iPad que os investigadores esperam ser do piloto para uso no rastreamento de informações de voo e meteorológicas, disse Homendy.

A equipe do NTSB carregou um caminhão cheio de detritos embrulhados em grandes sacos de lona branca, enquanto médicos legistas identificaram positivamente restos de quatro vítimas, incluindo Bryant e o piloto.

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below