September 29, 2019 / 4:05 PM / 20 days ago

Ruas de Hong Kong ficam em chamas por confrontos entre manifestantes e polícia

HONG KONG (Reuters) - A polícia de Hong Kong disparou canhões de água, balas de borracha e gás lacrimogêneo contra manifestantes que jogavam bombas de gasolina neste domingo, em alguns dos confrontos mais violentos e amplos em mais de três meses de manifestações antigoverno.

Os confrontos no distrito comercial de Causeway Bay, na área de Wan Chai e no distrito do Almirantado dos gabinetes do governo central seguiram uma noite de confrontos com a polícia na cidade governada pela China, onde os incêndios nas ruas queimavam ao anoitecer.

Mais protestos estão planejados para o dia nacional da China, em 1º de outubro, marcando o 70º aniversário da fundação da República Popular da China.

A polícia disparou gás lacrimogêneo do topo do prédio do Conselho Legislativo, local onde ativistas atacaram e picharam com grafite semanas atrás.

Manifestantes, muitos deles vestindo sua marca registrada de preto com máscaras, se esconderam do gás lacrimogêneo atrás de guarda-chuvas, alguns jogando bombas de gás lacrimogêneo na polícia.

Não houve relatos imediatos de ferimentos graves.

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below