September 17, 2019 / 10:06 PM / a month ago

Resultado de eleições em Israel ainda está indefinido, segundo pesquisas de boca de urna

JERUSALÉM (Reuters) - A batalha do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, pela sobrevivência política deve se alongar por dias ou semanas depois que pesquisas de boca de urna divulgadas após a eleição desta terça-feira em Israel mostrarem que a disputa ainda está indefinida. 

Da esquerda para a direita, Gantz, Lieberman e Netanyahu 15/09/2019 REUTERS/Ronen Zvulun

As pesquisas conduzidas por redes de TV israelenses davam entre 31 e 33 das 120 vagas do Parlamento para o partido de direita Likud, em comparação com entre 32 e 34 para o partido de centro Azul e Branco, liderado pelo ex-general Benny Gantz. 

“Netanyahu perdeu, mas Gantz não venceu”, disse Udi Segal, um influente âncora do noticiário televisivo israelense. 

As pesquisas indicavam que o ex-aliado e agora rival de Netanyahu, o ex-ministro da Defesa Avigdor Lieberman, poderá ser o fiel da balança, já que o apoio de seu partido de extrema-direita Israel Beitenu será chave para a formação de qualquer coalizão de governo. 

Mas Lieberman —um colonizador judeu da ex-União Soviética que construiu sua campanha em cima de uma proposta de limitar a influência dos rabinos e políticos ultra-ortodoxos na vida cotidiana de Israel— fez um apelo por um governo de unidade nacional depois da divulgação das pesquisas de boca de urna.

“Temos apenas uma opção - um governo amplo, nacional e liberal, composto por Israel Beitenu, Likud e Azul e Branco”, disse Lieberman em um comício em Jerusalém.

Isso pode se mostrar complicado, uma vez que Lieberman disse que não formaria uma coalizão que incluísse partidos ultra-ortodoxos —aliados tradicionais de Netanyahu. Gantz já descartou participar de um governo ao lado de Netanyahu se o líder israelense for indiciado por acusações de corrupção. 

As urnas sugerem que, sem o apoio de Lieberman, o Likud pode conseguir formar uma coalizão de direita com até 57 cadeiras parlamentares, enquanto o Azul e Branco poderia conseguir até 58 —o que significa que ambos os partidos não chegariam às 61 cadeiras necessárias para formar uma maioria para governar.

A previsão é de que Lieberman deva conseguir entre 8 e 10 vagas, o dobro de sua atual participação no Parlamento, o que o faz fundamental na formação de uma coalizão de governo.

As eleições foram convocadas após Netanyahu, de 69 anos, fracassar nas iniciativas para formar uma coalizão após as eleições de abril terminarem empatadas entre o Likud e o Azul e Branco, cada um com 35 cadeiras no Parlamento. É a primeira vez que Israel realiza duas eleições gerais num mesmo ano. 

As campanhas dos dois partidos na segunda eleição em cinco meses só revelaram diferenças pequenas em muitas questões importantes: a luta regional contra o Irã, os laços com os palestinos e os Estados Unidos e a economia.

O fim da era Netanyahu dificilmente causará uma grande mudança nas diretrizes de temas profundamente polêmicos do processo de paz com os palestinos, que desmoronou cinco anos atrás.

Netanyahu, o primeiro-ministro israelense com maior tempo no cargo na história, anunciou sua intenção em anexar o Vale do Rio Jordão na Cisjordânia ocupada, onde os palestinos buscam a formação de seu próprio Estado. 

Mas o Azul e Branco também disse que fortaleceria os blocos de assentamentos na Cisjordânia, considerando o Vale do Rio Jordão a “fronteira leste de segurança”. Palestinos e muitos outros países consideram ilegais os assentamentos na região.

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below