July 28, 2020 / 1:48 PM / 10 days ago

Brasil fecha 10.984 vagas formais de trabalho em junho e 1,2 milhão no 1º semestre

Homem aguarda em fila para se candidatar a vaga de emprego em São Paulo 29/03/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil fechou 10.984 vagas formais de trabalho em junho, numa piora na comparação com a abertura de 48.436 postos em igual mês do ano passado, mas desacelerando o ritmo de perdas frente aos meses anteriores, quando o impacto da crise do coronavírus afetou frontalmente as estatísticas.

Este foi o pior junho do Caged desde 2016, quando houve encerramento de 91.032 vagas.

A maior perda foi registrada no setor de serviços, com fechamento de 44.891 postos em junho. Comércio e indústria também registraram desempenhos negativos, com encerramento de 16.646 e 3.545 vagas, respectivamente.

Já a agricultura abriu 36.836 empregos formais, ao passo que na construção o número ficou no azul em 17.270 vagas.

Em 2020, os dados também vieram negativos em março (-259.917), abril (-918.286) e maio (-350.303), na esteira da paralisia econômica vivida pelo país com as medidas de isolamento social adotadas para frear a contaminação pelo Covid-19.

No acumulado do primeiro semestre, foram fechados 1.198.363 postos, na série com ajustes, ante abertura de 408.500 vagas em igual etapa de 2019, performance mais fraca para o período da série iniciada em 2010 disponibilizada pelo Ministério da Economia.

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below