February 17, 2019 / 3:50 PM / a month ago

Premiê britânica quer falar com cada líder da UE para mudar acordo sobre Brexit

Por Paul Sandle e Stephen Addison

LONDRES (Reuters) - A primeira ministra do Reino Unido Theresa May pretende conversar com cada líder da União Europeia e com o chefe da Comissão Europeia para buscar mudanças em seu acordo de retirada da UE, dias após outra derrota de seus legisladores e conforme empresas se preparam para um Brexit sem acordo, em 29 de março.

Em suas conversas com líderes da UE e com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, ela tentará mudar a barreira irlandesa, uma das partes mais contenciosas do acordo de retirada com o qual ela concordou em novembro, disse seu gabinete.

May afirmou aos líderes da UE que ela poderia aprovar seu acordo com concessões principalmente em torno da posição irlandesa - uma garantia de que não haveria retorno aos controles de fronteira entre a província britânica da Irlanda do Norte e a Irlanda, membro da UE.

Mas uma derrota em uma votação simbólica no Parlamento na quinta-feira enfraqueceu sua promessa e aumentou o risco de um Brexit “sem acordo” em 40 dias.

A questão em torno da Irlanda virou um dos principais pontos de discórdia antes da planejada saída do Reino Unido da UE no próximo mês, depois de 45 anos.

Em uma carta a seus legisladores conservadores, divididos sobre o tema, May pediu que eles deixem de lado as “preferências pessoais” e se unam pelo interesse do país, apoiando um acordo.

“Nosso partido pode fazer o que fez com tanta frequência no passado: ir além do que nos divide e se juntar em prol do que nos une; sacrificar, se necessário, nossas próprias preferências pessoais em favor do mais elevado interesse nacional”, escreveu ela.

O secretário de Cultura, Jeremy Wright, disse neste domingo que mudanças precisam ser feitas, mas que isso não significa necessariamente que o acordo precisa ser reaberto.

“Não acho que seja o mecanismo que importa, é o objetivo”, disse ele à BBC.

Na segunda-feira, o secretário do Brexit, Steve Barclay, se encontrará com o negociador-chefe da União Europeia, Michel Barnier, e na terça-feira, o procurador-geral Geoffrey Cox fará um discurso explicando que mudanças seriam necessárias para eliminar o risco legal de que as discussões britânicas sobre a questão da Irlanda do Norte se arrastem indefinidamente.

O gabinete de May não deu uma data para as negociações com Juncker.

A menos que May consiga um acordo Brexit aprovado pelo parlamento britânico, ela terá que decidir se adiará o Brexit ou se colocará a quinta maior economia do mundo no caos, ao deixar a UE sem um acordo no final de março.

Com o relógio correndo, empresas disseram não ter outra alternativa senão começar a aprovar medidas de emergência para lidar com um cenário de saída da UE sem acordo, disse a KPMG neste domingo.

“As empresas estão agora testando os airbags em seus preparativos para o Brexit”, disse James Stewart, chefe do Brexit na KPMG UK.

“Tempo é um luxo que não temos mais, então as pessoas estão se preparando para os possíveis impactos imediatos.”

A Airbus, que projeta e fabrica asas para suas aeronaves no Reino Unido, disse no domingo que um Brexit “sem acordo” seria “absolutamente catastrófico”.

“Não existe isso de ter uma saída sem acordo de maneira gerenciável, é absolutamente catastrófico para nós”, disse à BBC a vice-presidente sênior da Airbus, Katherine Bennett.

“Algumas decisões difíceis terão que ser tomadas se não houver acordo (...) teremos que avaliar nossos futuros investimentos.”

Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7519 REUTERS PM LC

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below