January 25, 2020 / 3:17 PM / 2 months ago

EUA vão retirar cidadãos norte-americanos de Wuhan, na China, diz WSJ

(Reuters) - Os Estados Unidos estão organizando um voo charter no domingo para trazer seus cidadãos e diplomatas de volta da cidade chinesa de Wuhan, epicentro do surto de um novo coronavírus, informou o Wall Street Journal neste sábado.

O avião, com cerca de 230 pessoas, levará diplomatas do consulado dos EUA, bem como cidadãos norte-americanos e suas famílias, informou o Journal, citando uma pessoa familiarizada com a operação.

Washington recebeu aprovação da operação do Ministério das Relações Exteriores da China e de outras agências governamentais após negociações nos últimos dias, informou o jornal.

Um porta-voz da Embaixada dos EUA em Pequim disse que, na quinta-feira, o Departamento de Estado ordenou a saída de membros da família e de todos os funcionários do governo dos EUA no consulado de Wuhan, mas se recusou a comentar o relatório de que outros cidadãos dos EUA seriam retirados da cidade.

A decisão de transferir funcionários e famílias do consulado dos EUA deveu-se ao surto do coronavírus “e a interrupções logísticas decorrentes de transporte restrito e hospitais sobrecarregados na cidade de Wuhan”, disse o porta-voz em comunicado enviado à Reuters.

Reportagem de Ismail Shakil em Bengaluru e Tony Munroe em Pequim

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below