June 1, 2019 / 3:41 PM / 18 days ago

Cúpula de países islâmicos condena intenções de reconhecer Jerusalém como capital de Israel

CAIRO (Reuters) - A Organização para Cooperação Islâmica (OIC, na sigla em inglês)disse neste sábado que condena qualquer posição adotada por países ou organizações internacionais que prolonguem a ocupação dos territórios palestinos, inclusive a decisão americano de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel.

A Cúpula da OIC, que reúne 57 países com significativa população islâmica, terminou este sábado com uma declaração em que se opõe a qualquer medida ilegal direcionada a alterar a situação de Jerusalém e a ideia da solução de dois estados.

A declaração insta seus estados-membro a tomar “medidas apropriadas” contra os países que decidam mudar suas embaixadas para Jerusalém.

A OIC também se recusou a aceitar qualquer proposta de acordo de paz que não leve em consideração os direitos inalienáveis da Palestina e reforçou a importância de levantar apoio para manter o orçamento para que o governo da Palestina continue funcionando.

Reportagem de Nayera Abdallah

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below