April 3, 2019 / 11:46 AM / 4 months ago

Palestino tenta esfaquear colonos na Cisjordânia e é morto a tiros, diz Israel

NABLUS, Cisjordânia (Reuters) - Um palestino tentou esfaquear israelenses na região ocupada da Cisjordânia nesta quarta-feira e foi baleado por um deles, disseram as forças militares de Israel e uma testemunha.

Soldados israelenses vasculham carro de palestino perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia 10/01/2018 REUTERS/Mohamad Torokman

Uma autoridade palestina, entretanto, questionou o motivo do incidente no cruzamento de Hawara, perto de Nablus.

A Cisjordânia, que faz parte dos territórios onde os palestinos buscam a formação de um Estado, tem presenciado ataques de rua contra colonos e soldados israelenses desde que as negociações de paz apoiadas pelos Estados Unidos estagnaram em 2014. Palestinos afirmam que a resposta armada de Israel tem sido excessiva.

Yehoshua Sherman, um colono da Cisjordânia, disse à Rádio Israel que estava dirigindo lentamente pelo cruzamento com sua filha quando um palestino atacou o carro em que estavam.

“Ele pulou em cima de mim com uma faca, tentando abrir as portas”, disse Sherman. “Eu puxei minha arma... abaixei a janela e atirei nele de dentro do carro.”

Um segundo motorista também disparou no palestino, acertando-o, afirmou Sherman.

As forças militares de Israel disseram em um comunicado: “Um terrorista foi baleado por um civil e neutralizado após tentar realizar um ataque à faca”.

O hospital Beilinson, de Israel, informou que um homem admitido com ferimentos por arma de fogo em decorrência do ataque morreu.

Uma fonte da segurança palestina disse que recebeu uma informação inicial de que o homem morto estava tentando atravessar a rua.

O Ministério da Saúde palestino disse que um segundo palestino foi ferido no episódio, mas não tinha detalhes de imediato.

Questionado se sabia de outra vítima no ataque, o Exército israelense afirmou que não tinha nada a acrescentar ao comunicado.

Ghassan Daghlas, uma autoridade palestina na província de Nablus, exigiu uma investigação do tiroteio.

“O lugar inteiro e a rua toda stão cheios de câmeras de segurança. As câmeras devem ter filmado tudo”, disse ele.

Os palestinos esperam formar um Estado independente, incluindo a Cisjordânia, Jerusalém Oriental e Gaza, mas um processo de paz mediado internacionalmente entrou em colapso e Israel expandiu sua construção de assentamentos na região.

Por Dan Williams e Ali Sawafta

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below