December 7, 2018 / 9:39 PM / 5 days ago

Bolsonaro pode ir ao Fórum Econômico Mundial em Davos

Presidente eleito Jair Bolsonaro 01/12/2018 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente eleito Jair Bolsonaro aceitou um convite para participar da próxima edição do Fórum Econômico Mundial, em janeiro, disse nesta sexta-feira o governador eleito de São Paulo, João Doria, mas a assessoria do capitão da reserva ressaltou que a viagem depende dos médicos.

“Convidei o presidente eleito para ir a Davos (cidade suíça que sedia o evento) e ele aceitou de pronto porque entendeu a importância de se mostrar aos investidores internacionais”, disse Doria durante evento na capital paulista.

Segundo o governador eleito, Bolsonaro deve levar na comitiva o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, além de outros ministros. O evento em 2019 acontece entre os dias 22 e 25 de janeiro.

A assessoria de Bolsonaro disse à Reuters que “ele está com vontade de ir, mas depende dos médicos”.

Se confirmada a participação do presidente eleito em Davos, a cirurgia a que ele terá que se submeter para retirada de uma bolsa de colostomia, prevista para 20 de janeiro, deve ser adiada.

Segundo um dos médicos que acompanham Bolsonaro, já há a possibilidade de a cirurgia ser adiada para fevereiro, dependendo de exames pré-operatórios. [nL1N1YC1K6]

Reportagem de Aluísio Alves, em São Paulo; reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below