February 28, 2019 / 6:14 PM / 23 days ago

Ao lado de Guaidó, Bolsonaro diz que esquerda gosta tanto de pobres que os multiplica

Bolsonaro em declaração no Palácio do Planalto 25/1/2019 Isac Nobrega/Presidência da República/REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, em declaração ao lado do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, que a esquerda gosta tanto de pobres que os multiplica.

Após reunião com Guaidó no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que o Brasil apoia o restabelecimento da democracia no país vizinho e fez um “mea culpa” ao afirmar que dois ex-presidentes brasileiros colaboraram com a atual situação de crise vivida pela Venezuela, em aparente referência aos petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

O presidente também afirmou que o Brasil caminhava para uma situação similar à que passa a Venezuela, mas que, segundo ele, o povo acordou, numa referência à sua vitória eleitoral no ano passado.

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below