June 19, 2020 / 8:11 PM / 15 days ago

Defesa de Queiroz entra com pedido de habeas corpus na Justiça do Rio

Fabrício Queiroz chega ao Rio de Janeiro após ser preso no interior de São Paulo 18/06/2020 REUTERS/Ricardo Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A defesa do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz protocolou um pedido de habeas corpus na Justiça do Rio de Janeiro, informou o Tribunal de Justiça nesta sexta-feira.

O pedido foi encaminhado à segunda instância do TJ Fluminense. O processo originário, em trâmite na 27ª Vara Criminal, foi o que deu origem ao pedido de prisão contra o PM aposentado e ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro.

“Deu entrada na segunda instância do TJRJ um pedido de HC da defesa de Fabrício Queiroz. O processo foi distribuído para a Terceira Câmara Criminal”, informou a Justiça fluminense.

Na quinta-feira, o advogado de Queiroz, Paulo Catta Preta afirmou que a prisão do cliente foi “pesada e desnecessária” uma vez que o ele tinha residência fixa e estava à disposição da Justiça.

O MP do Rio, no entanto, jamais conseguiu um depoimento presencial de Queiroz no âmbito da investigação da chamada rachadinha da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Entre as descobertas apontadas na decisão que levou à prisão de Queiroz, com base em documentos, consta que o ex-assessor teria pago mensalidades da escola das filhas de Flávio Bolsonaro e o plano de saúde do atual senador.

Há também menção que um advogado de Flávio teria orientado servidores a não prestarem depoimento ao Ministério Público no inquérito.

Além do gabinete do ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro, mais de 20 parlamentares da Casa são alvos da apuração sobre a rachadinha. Queiroz está preso no complexo de Bangu e se encontra isolado por conta do protocolo de saúde adotado na pandemia de Covid-19.

“O preso Fabrício Queiroz passa bem e está em uma cela com seis metros quadrados com acomodação para repouso, chuveiro, vaso sanitário e pia. Esclarecemos que o mesmo está sozinho na cela para cumprir o período de 14 dias de isolamento social”, informou a Secretaria de Administração Penitenciária.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below