October 24, 2019 / 5:38 PM / 19 days ago

STF retoma julgamento sobre prisão em segunda instância com voto de Rosa Weber

Ministra Rosa Weber durante sessão do STF 04/04/2018 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retomou nesta quinta-feira o julgamento sobre a possibilidade de rever o atual entendimento da corte que permite a execução da pena de prisão após a condenação em segunda instância, com um placar temporário de 3 votos a favor da medida e 1 contra.

O julgamento —um dos mais aguardados do Supremo neste ano e que pode beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva— começou na semana passada e chega à quarta sessão. Faltam sete ministros a votar.

O caso será retomado com o voto da ministra Rosa Weber, um dos mais aguardados. Isso porque a ministra já votou a favor da prisão em segunda instância no caso do habeas corpus de Lula, que fixou o atual entendimento em 2016, mas há quem avalie que ela pode mudar seu entendimento na análise das três ações que tratam do caso em julgamento.

O presidente do STF, Dias Toffoli, afirmou ao final da sessão da quarta que não deverá fazer intervalo nesta quinta e levar o julgamento até por volta das 17h30, Haverá um evento internacional na corte à noite. Toffoli aventou a possibilidade de desfecho do caso ficar para a próxima semana.

Edição de Eduardo Simões

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below