July 4, 2019 / 6:34 PM / 13 days ago

Líder do governo na Câmara espera que apoio à reforma na comissão se repita no plenário

Deputado Major Vitor Hugo 02/04/2019 REUTERS/Adriano Machado

(Reuters) - O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), afirmou nesta quinta-feira, logo após a aprovação do texto-base da reforma da Previdência pela comissão especial, que em nenhum momento o Executivo considerou já ter os 308 votos mínimos para passar a proposta também no plenário da Casa, mas destacou que o resultado foi expressivo e que espera que o apoio recebido à matéria no colegiado se reflita também no plenário.

Vitor Hugo destacou que mais de 20 partidos votaram com o governo na reforma e que a proporção dos votos na comissão —36 a favor e 13 contra— é superior aos três quintos de votos que se precisa obter para que o texto seja aprovado no plenário.

O líder negou que o governo tenha sido derrotado com o não atendimento de uma proposta de incluir regras mais benéficas para a aposentadoria de policiais, que o presidente Jair Bolsonaro se empenhou pessoalmente.

Segundo Vitor Hugo, foi fechado um acordo com os partidos do chamado centro para fazer com que a reforma avançasse sem a inclusão dessas mudanças em favor das forças policiais.

O líder disse que esse acerto inclui também a rejeição de emendas sobre o assunto na comissão. Contudo, ele disse que haverá uma nova rodada de diálogo a respeito do tema antes da votação do plenário.

Reportagem de Ricardo Brito e Maria Carolina Marcello

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below