March 21, 2020 / 6:07 PM / 19 days ago

Austrália fecha praia de Bondi após público desafiar regras contra coronavírus

MELBOURNE (Reuters) - A Austrália fechou a icônica Praia de Bondi, em Sidney, neste sábado, após milhares de pessoas se reunirem no local nos últimos dias, desafiando ordens de distanciamento social com o objetivo de prevenir a disseminação do coronavírus, em meio a um período mais quente do que o normal para o outono.

O ministro da Saúde, Greg Hunt, afirmou que as aglomerações na faixa de areia mais famosa do país eram “inaceitáveis”, ao relatar que o número de infecções na Austrália cresceram acentuadamente.

O total chegou a 1.081 neste sábado, com Nova Gales do Sul registrando um crescimento diário recorde e autoridades do Território do Norte dizendo que, desde a tarde de terça-feira, todos que entrarem no Estado terão que passar por uma quarentena de duas semanas.

O total de mortes na Austrália estava em sete pessoas, sem mudanças em relação ao dia anterior.

O chefe da polícia de Nova Gales do Sul, David Elliott, anunciou o fechamento da praia de Bondi, alertando que “virará a nova regra”, se o público não cumprir as regulamentações que proíbem reuniões de mais de 500 pessoas em eventos não essenciais.

“Não é algo que estamos fazendo porque somos a polícia da diversão”, disse Elliott, em uma entrevista coletiva transmitida pela televisão. “É para salvar vidas. Fecharemos o tipo de atividades icônicas que...infelizmente amamos e adoramos no nosso estilo de vida.”

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below