February 3, 2019 / 1:41 PM / 12 days ago

Papa diz acompanhar crise no Iêmen com "grande preocupação"

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco, que viaja aos Emirados Árabes Unidos neste domingo, disse que acompanha a crise humanitária no Iêmen com grande preocupação e pediu a todos os lados que respeitem os acordos internacionais e garantam que a comida chegue aos iemenitas.

“A população está exausta com o longo conflito e muitas, muitas crianças estão sofrendo de fome, mas não conseguem chegar aos depósitos de comida. O choro dessas crianças e de seus pais se eleva a Deus”, disse ele a dezenas de milhares de pessoas na Praça de São Pedro, durante seu discurso tradicional de domingo.

“Eu apelo a todas as partes envolvidas e à comunidade internacional que pressionem pelo respeito aos acordos firmados, para garantir a distribuição de alimentos e trabalhar para o bem da população.”

Os Emirados Árabes Unidos desempenharam um papel de liderança na coalizão militar liderada pelos sauditas na guerra de quase quatro anos contra o movimento Houthi, alinhado com o Irã, no Iêmen, em um conflito que levou o país mais pobre da península à beira da fome.

Por Philip Pullella

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below