February 7, 2019 / 6:39 PM / 13 days ago

Assembleia Nacional da Venezuela diz que inflação passou de 2,5 milhões por cento em 12 meses

Manifestantes protestam contra a inflação em Caracas 30/03/2017 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

CARACAS (Reuters) - A inflação da Venezuela chegou a 2,688 milhões por cento nos 12 meses encerrados em janeiro, segundo os cálculos da Assembleia Nacional controlada pela oposição, que acompanha a evolução dos preços devido à ausência de dados do Banco Central.

A Venezuela está em recessão há cinco anos e não consegue controlar a velocidade com que os preços sobem, apesar de o governo de Nicolás Maduro, que iniciou um contestado segundo mandato em janeiro, afirmar que está adotando medidas para superar a crise.

O Parlamento relatou que em janeiro de 2019 os preços subiram cerca de 191,6 por cento, ou quase triplicaram, o que implica um aumento diário de cerca de 3,5 por cento. A Assembleia Nacional calculou que no mês passado o preço dos alimentos subiu cerca de 266 por cento.

“Este resultado da inflação de janeiro se deveu à depreciação do câmbio paralelo”, disse o deputado Ángel Alvarado. As empresas buscam dólares fora do controle governamental para operar devido à escassez de divisas no sistema oficial, o que eleva a paridade e impulsiona a inflação.

Maduro atribui a crise à “guerra econômica” dos Estados Unidos e das empresas, mas críticos do governo e economistas dizem que as distorções se devem ao modelo de controles estatal.

Por Mayela Armas

Nuestros Estándares:Los principios Thomson Reuters
0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below